Categoria de Arquivo: Publicações Sobre o Sindicato

GERALDO ALCKMIN

Seus assessores são ótimos. Cumprimente-os por não termos ficado sabendo em tempo hábil que você viria à Região de Presidente Prudente-SP.

Esperamos que volte. Pretendemos participar ATIVAMENTE de suas inaugurações, comícios e eventos. 

Tudo de forma democrática, e dentro da legalidade. Mas com a garantia de que vamos expressar todos nossos sentimentos pelas décadas de PSDB no Governo e seus mandatos.

E pelo tratamento dispensado aos Policiais Civis.

Principalmente aos 25.000 OPERACIONAIS DESPRESTIGIADOS POR VOCÊ.

Bauru recepcionou Serra. Prudente o recepcionará.

E convidaremos alguns ônibus de Bauru e outras Regiões também, para darem seu testemunho à imprensa e ao povo prudentino e da Região.

SIPOL VENCE AÇÃO DA

NÃO RETROAÇÃO NA CLASSE

Mandado de segurança coletivo, com liminar positiva, AGORA CONFIRMADA POR SENTENÇA, já pode ser executada.

Policiais Civis da REGIÃO DE PRESIDENTE PRUDENTE e FILIADOS AO SIPOL estão contemplados.

INCLUSIVE OS QUE JÁ APOSENTARAM, E FORAM “RETROAGIDOS À CLASSE ANTERIOR”.

Interessados devem entrar em contato com a secretaria do SIPOL exclusivamente pelo fone (18) 3217-1959 ou pelo E-mail secretaria@sipol.com.br para obter maiores informações. Agradecemos o empenho dos Advogados Dr. Vinícius, Dr. Gleison e Dr. Lucas da Teixeira, Mazoni & Fioravante Advogados Associados e que representam o SIPOL Prudente.

QUEM SABE AGORA OS “POLICIAIS CIVIS” SEJAM TÃO BEM DEFENDIDOS COMO FORAM OS MILITARES NO ASSUNTO: “REFORMA DA PREVIDÊNCIA”

Fonte: https://www1.folha.uol.com.br/poder/2018/02/sem-encontrar-nome-temer-deve-deslocar-jungmann-da-defesa-para-seguranca.shtml

SÓ AGORA O PMDB (VULGO MDB) PERCEBEU AQUILO QUE OS POLICIAIS CIVIS JÁ SABEM HÁ 22 ANOS?

SUBORDINAÇÃO DOS COMANDANTES DA POLÍCIA CIVIL E MILITAR DO ESTADO AO GENERAL.

INTERVENÇÃO FEDERAL NO RIO DE JANEIRO.

UMA DESCULPA PARA NÃO VOTAR AS REFORMAS?

UMA ARMADILHA PARA BOLSONARO?

UMA AJUDA PARA PROJETAR JOSÉ GERALDO?

O governador Pezão tem hoje reunião com o general Braga Netto. Será ele o comandante das ações de segurança no Rio. Na reunião Pezão será definido o DESTINO dos comandantes das polícias Civil e Militar do estado. Há duas possibilidades: afastá-los do cargo ou apenas SUBORDINÁ-LOS ao general.

Leia mais: https://oglobo.globo.com/rio/secretario-de-seguranca-do-rio-sera-afastado-devido-intervencao-federal-22403472#ixzz57GsoVGoK
stest

SENHOR VICE-GOVERNADOR MÁRCIO FRANÇA

A Polícia Civil é composta por INÚMERAS carreiras. E não é a condição salarial de apenas uma delas que ACARRETA O SUCATEAMENTO  da Instituição Policial Civil.

Investigadores, Escrivães, Agentes, Agentes de Telecomunicações, Carcereiros, Papiloscopistas e Auxiliares, servidores da superintendência:

NENHUM FOI BENEFICIADO COM O G.A.T.

NENHUM FOI BENEFICIADO COM ADICIONAL DE CARREIRA JURÍDICA (chamada ADPJ)

Embora TODOS sejam muito mal pagos, são OS OPERACIONAIS QUE NÃO FORAM CONTEMPLADOS pelo PSDB nos últimos anos.

Criou-se um abismo financeiro entre as carreiras. Isso sim um fator revoltante, desagregador, que abala profundamente o ânimo, e o psicológico do servidor. E

O PSDB valorizou, com o GAT e o ADPJ apenas uma carreira, em detrimento das outras.

VOSSA EXCELÊNCIA TEM DEMONSTRADO MUITA CAUTELA POLÍTICA. TEMOS CERTEZA QUE – ANTES DE QUALQUER AÇÃO – VAI SE INTEIRAR MUITO BEM DA SITUAÇÃO REAL DA POLÍCIA CIVIL. SOLICITAMOS QUE, EM MOMENTO OPORTUNO, CONVIDE OS REPRESENTANTES DE TODAS AS CATEGORIAS POLICIAIS CIVIS, DE TODO O ESTADO, PARA DEBATER A RESPEITO DOS INTERESSES DO GOVERNO, DOS POLICIAIS (todas as carreiras), E DA POPULAÇÃO. Estamos informando Vossa assessoria todos os dados de todas as Entidades de Classe da Polícia Civil, em todo o Estado de São Paulo.

NOTA DE APOIO

O Presidente do SIPOL – Sindicato dos Policiais Civis da Região de Presidente Prudente – SP – vem por meio de nota declinar seu apoio ao Senhor Secretário da SEMAV de Presidente Prudente, pelas suas ações e declarações em defesa do Estado Democrático de Direito, em face de vídeo amplamente divulgado nas mídias sociais, que mostra um Agente da SEMAV assimilando a “investida” de um cidadão contrariado por ter sido flagrado em infração de trânsito.  Uma verdadeira “inversão de valores”. A confecção do Auto de Infração não é ato de vontade do Agente Público, mas seu dever. As ações da Adminstração não partem do simples “querer” do servidor. Mas sim de mandamentos legais que, se descumpridos, podem acarretar a responsabilização do Agente pelo crime de prevaricação, e submetê-lo também a apurações administrativas.  Policiais, agentes de trânsito, e demais servidores estão a serviço do cidadão de bem. Do cidadão que dá o bom exemplo. Do cidadão que ensina com o comportamento próprio. Mas também daquele que descumpre a lei. E então agimos. Para cada ação injusta há o devido processo legal.

Fábio Morrone – Presidente do SIPOL.