Monthly Archives: julho 2017

25/07/2017 – Moção de apoio

MOÇÃO DE APOIO AO DR. WALDIR ANTONIO COVINO.

A Associação dos Delegados de Polícia do Estado de São Paulo, os SIPOLs de Presidente Prudente, Bauru, São José do Rio Preto e o SINPOLSAN de Santos manifestam amplo e irrestrito apoio ao Dr. Waldir Antonio Covino Junior, Delegado Geral de Polícia Adjunto em exercício.

Frente à situação calamitosa vivenciada pela Polícia Civil, cenário já denunciado pelas Entidades e pela imprensa, os casos de delegacias funcionando em condições precárias são diversos e, infelizmente, cada vez mais comuns. São relatos de delegacias com deficiências estruturais gravíssimas, o que prejudica de maneira contundente o desempenho do policial civil e, portanto, de todo o trabalho investigativo exercido nos departamentos.

Dito isso, é importante frisar que o comunicado despachado pelo Delegado Geral Adjunto em exercício tem como principal objetivo a preservação das integridades física e psicológica do policial civil submetido a condições insalubres de trabalho, uma vez que condiz com a realidade e pode ser verificado em diversas delegacias da capital e do interior. A Associação ainda reforça seu compromisso com a verdade e, sobretudo, com a luta pela sobrevivência da Polícia Civil.

“USUÁRIO” DE DROGA PERDEU OLHO EM AÇÃO DA POLÍCIA NA CRACOLÂNDIA DE SP

Folha de São Paulo:

http://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/2017/07/1898561-usuario-de-droga-perdeu-olho-em-acao-da-policia-militar-na-cracolandia-de-sp.shtml

A culpa sempre é da Polícia??

A culpa não é do traficante. A culpa não é do usuário. A culpa não é da má educação familiar. A culpa não é de quem deixou a cracolândia acontecer. A culpa não é de quem passa a mão na cabeça desse bando de vagabundos, nóias agora intitulados adictos por algum sabichão conhecedor de “sábios” vocábulos.

A polícia é treinada para várias situações. Ninguém em formação de CDC (controle de distúrbio civis) mira em olho de nóia.

No entanto, almofadinhas que não sabem o que é um “pega pra capar” na rua, imaginam que a formação de CDC é tranquila. Não tem empurrões. Não tem inúmeros barulhos. Não é agredida. Não lhes são arremessados paus, pedras, canos, tijolos e tudo o mais que podem desqualificar qualquer tiro. Acham que o policial não tropeça, não é socado, não é atacado.

Sequer lhes passa pela cabeça que borracha onde bate “ricocheteia”. Até no chão, grandes intelectuais.

Frases como: “vão trabalhar vagabundos”, faltam em muitas reportagens.

Tratam verdadeiros bandidos como doentes.

Entrem em um hospital infantil ou adulto, e encontrarão doentes. Entrem na ala pediátrica oncológica, e encontrarão doentes.

Já na cracolândia…

CONVÊNIO SESC THERMAS PRESIDENTE PRUDENTE

A Delegacia Seccional de Polícia de Presidente Prudente comunica a todos os policiais civis do município e sub-região que está em vigor convênio com o SESC Thermas de P.Prudente, que dá direito aos associados o uso das dependências e comodidades do clube, bem como, participação nos eventos.
Para tanto, os interessados, policiais civis, deverão preencher formulário(à disposição no Protocolo desta Seccional), e instruí-lo com uma foto 3 x 4, cópia do último comprovante de pagamento e R$ 15,00, acondicionando em envelope lacrado. O Investigador de Polícia Alex de Castro e Souza se encarrega do contato com o clube e providencia a carteirinha que depois permitirá a inclusão dos dependentes.