TALVEZ SEJA MELHOR APOSENTAR! POLICIAL: PENSE NISSO.

DEJEC – A LUTA DOS POLICIAIS CIVIS CONTINUA !

MAIS UMA DEMONSTRAÇÃO GOVERNAMENTAL

DO SEU APREÇO PELOS MILITARES

E PELOS CIVIS” 

Imagine que você está de Plantão. Imagine que mais de 30 militares estão participando de escala extraordinária.

Imaginem agora cada um trazendo um TC no plantão lotado de idosos, vítimas de crimes, gestantes, crianças etc.

E você tem que atender primeiro o funcionário público.

Não precisa é imaginar que o Plantão estará com o mesmo número reduzido de funcionários, que não tem pausa em feriados, madrugadas, noites, finais de semana e ainda cumprem sobreaviso sem receber por isso, a título de um verdadeiro Título de Propriedade da Vida Particular do Servidor, também conhecida como RETP, cujo uso indiscriminado leva o servidor a se socorrer da única figura que ainda olha pelos Policiais Civis, o Juiz de Direito, em ações de Dano Existencial (ou análogas), como a julgada recentemente na Comarca de Jales-SP.

Policial Civil Operacional tem direito a:

1 – não receber GAT,;

2 – não receber DEJEC;

3 – não receber AJUDA DE CUSTO ALIMENTAÇÃO POR UFESP.

CONSEQUÊNCIAS

As aposentadorias estão se acelerando. Ao invés de haver um trabalho tendente a melhorar a condição humana do Policial Civil, independentemente das estatísticas, muitos Policiais Civis têm procurado o SIPOL informando que vão sair. E vão esperar o resultado das ações judiciais em casa.

O SIPOL já pensa em apoiar e até estimular todos os Policiais Civis que puderem, a se aposentarem, tratar da saúde psicológica em casa, com direito à tranquilidade, descanso e convivência digna com a família. E “brigar” pelos seus direitos funcionais na Justiça que, invariavelmente estão sendo reconhecidos. Dispensando abono permanência inclusive, que nada mais é do que um engodo se feitas as contas corretas de custo x benefício. Afinal, transporte, alimentação, vestimenta, condição do carro, remédios e ausência familiar custam bem mais caro que R$ 600,00. Isso não paga saúde emocional, mental e física. Aliás, o que paga isso?!

Quem sabe não é melhor viver modestamente e são, do que morrer louco na classe média baixa.