E a DEJEC ?

DEJEC – Diária Extraordinária que poderia ser usada para diminuir o sacrifício de servidores que têm que acumular outras unidades (sem Gratificação de Acúmulo, diga-se de passagem), não vem.

A PM faz DEJEM pra todo lado. Lotam as delegacias durante sua execução. E quem recebe essa avalanche de ocorrências é novamente uma Polícia Civil com poucos servidores, sem DEJEC para SUPORTAR SISTEMATICAMENTE o volume atípico de ocorrências (já que as “co-irmãs” trabalham integradas, segundo o Governo) .

Quem fica esperando atendimento?

A POPULAÇÃO.

Até porque a PM tem que ser atendida primeiro. “E liberada para combater o crime”.

Precisamos que as Autoridades entendam que a DEJEC é extremamente necessária.

Principalmente neste panorama em que OBVIAMENTE NENHUM CONCURSADO SERÁ CHAMADO ESTE ANO.

DEJEC faz sim muita falta, se bem aplicada. Ondem tem DEJEM tem que ter DEJEC em contrapartida, CONCOMITANTEMENTE, para que uma polícia absorva o volume de trabalho da outra, sem prejuízo da população.