DENARC TROCA TIROS COM MILITARES

APÓS TIROTEIO MILITARES SÃO PRESOS POR TRÁFICO

3 TONELADAS DE MACONHA

Caminhão do Exército é apreendido com drogas na região de Campinas

Três militares foram presos após troca de tiros na rodovia Annhanguera.
Veículo tinha cerca de três toneladas de maconha, segundo o Denarc.

 Um caminhão do Exército carregado com drogas foi apreendido nesta madrugada de domingo (28), na rodovia Anhanguera, em Campinas (SP), e dois militares foram presos. Segundo informações do Comando Militar do Sudeste, dentro do veículo estavam os cabos Higor Abdala Costa Attene e Maykon Coutinho Coelho.

O veículo estava carregado com cerca de três toneladas de maconha e houve troca de tiros durante a abordagem policial. A droga seria distribuída na região de Campinas. O caminhão apreendido tinha marcas de disparos nas portas, vidros quebrados e um pneu furado.

Caminhão do Exército detido na região de Campinas (Foto: André Natale/ EPTV)
Caminhão do Exército detido na região de
Campinas (Foto: André Natale/ EPTV)

Mais suspeitos
Um terceiro militar suspeito de participar teria fugido e foi encontrado nesta manhã pela Guarda Municipal em Cordeirópolis (SP) com roupas do Exército e ferido.

Os guardas encaminharam o suspeito para a Santa Casa de Limeira (SP) para tratamento e acionaram a Polícia Civil. Após receber alta, ele deve ser levado junto com os outros presos para São Paulo.

Em nota, o exército afirma que será instaurado um Inquérito Policial Militar para a apuração dos fatos e responsabilidades e que os envolvidos serão expulsos da coorporação. 

Segundo Centro de Comunicação do Exército, o terceiro militar é o cabo Simão Raul, do mesmo regimento. Dois civis que teriam dado apoio à ação também foram presos na região.

Mato Grosso do Sul
Segundo o Comando Militar Sudeste, o veículo pertencia ao 20º Regimento de Cavalaria  Blindado (20 RCB), de Campo Grande, Mato Grosso do Sul (MS). Um inquérito policial será aberto para investigar o caso.

Na parte da tarde, a Divisão Estadual de Narcóticos (Denarc), em São Paulo, disse que divulgará mais detalhes sobre a investigação em uma entrevista coletiva.

Dois militares estavam no veículo detido na região (Foto: André Natale/ EPTV)
Dois militares estavam no veículo detido na região (Foto: André Natale/ EPTV).