DIRETORIA DO SIPOL COMUNICA:

MANIFESTAÇÃO EM REPÚDIO AO DESCUMPRIMENTO DA

CONSTITUIÇÃO FEDERAL PELO GOVERNO DE SÃO PAULO

DATA: 04/10/2016 ÁS 10:00 HORAS

LOCAL: DEFRONTE AO C.P.J. DE PRESIDENTE PRUDENTE

O EVENTO MARCARÁ APOIO DO SIPOL AO MOVIMENTO DA CAPITAL

Como todos sabem o Governo do Estado de São Paulo, pelo segundo ano consecutivo, não cumpre o artigo 37, X da Constituição Federal, que DETERMINA revisão anual dos vencimentos. A revisão é um DEVER JURÍDICO do GOVERNO, um DIREITO DO SERVIDOR. Nas palavras do Ministro do S.T.F. Marco Aurélio “é um componente essencial do contrato do servidor com a administração pública”.

Além desse ponto crucial, o Governo não contrata servidores Policiais Civis (mas abre concurso para quase 6.000 PMs), não paga a DEJEC (e paga DEJEM à vontade). Retroage “na classe”, contra a Lei o servidor promovido quando passa à inatividade (o PM é promovido), estagnou a Ajuda de Custo Alimentação da PC (a da PM foi para mais de R$ 600,00 e TODOS recebem).

Há, em recente artigo do Jornal O Estado de São Paulo, acertada menção a um SUCATEAMENTO da Polícia Civil.

APOSENTADO MESMO SEM PARIDADE tiveram 4,5% de reajuste e receberão mais 11%. Os da ativa 0% em 2015 e 0% em 2016.

OBS: Havendo convocação para operações ou outras atividades que possam enfraquecer o movimento, o mesmo será adiado ou adiantado com comunicação imediata pelo SITE, grupos do ZAP, Facebook e via telefone com as principais lideranças.

POLICIAL CIVIL: Em manifestações não é permitido uso de qualquer equipamento, ou propriedade do Estado. O SIPOL está organizando uma manifestação legal, pacífica, e não se responsabiliza por comportamentos individuais.