COM QUE   “MORAL”   ESSES POLÍTICOS QUEREM FAZER REFORMA DA PREVIDÊNCIA?

AS DELAÇÕES DA ODEBRECHT COLOCAM EM CHEQUE A HONESTIDADE DE DENUNCIADOS.

A DESCONFIANÇA DO FAVORECIMENTO A EMPRESÁRIOS DA “PREVIDÊNCIA PRIVADA” SE ACIRRA

DIANTE DO PASSADO DESSES “POLÍTICOS SUJOS”.

SERÃO OS BANQUEIROS OS DELATORES DE AMANHÃ?

OU NADA TÊM À “TEMER”