Conversa afiada. Leia quem quiser perder tempo…

Em resposta a um querido colaborador. De forma genérica.

Caros servidores Policiais Civis. Em várias reuniões com empregados comissionados do Governo já foi dito: “vocês são vários sindicatos, tanto na Capital como no Interior. E de vários cargos diferentes. Na PM não. Eles vêm todos juntos”.

RESPOSTA DO SIPOL: grande coisa. Como se fôssemos todos juntos adiantaria alguma coisa. Já fomos.

Os Sindicatos, Associações, do interior, da capital, desse ou daquele cargo, pedem a mesma coisa: dignidade.

Se o Policial Civil ler o rol de reivindicações de um ou de outro Sindicato ou Associação vai ver que o que se pede é, na essência, a mesma coisa. Exceto aqueles nominalmente de carreira única. Alguns ainda assim lutam por todos.

A grande verdade:

“O GOVERNO NÃO CONCEDE PORQUE NÃO QUER. OU PORQUE NÃO LHE CONVÉM. OU PORQUE NÃO LHE INTERESSA”.

 Porque PODER, o Governo PODE.

Tem dinheiro para beneficiar CENTENAS DE MILHARES de militares, da ativa e da “pseudo-reserva” que na verdade é um aposentadoria.

E alega que não tem para os Policiais Civis.

Essa quebra de “paridade salarial” entre PC e PM só beneficiou uma única carreira de Servidores Policiais Civis até agora. E serviu para DESUNIR todas as outras.

O próprio Governo, se tivesse algum interesse em ajudar os Servidores Policiais Civis em suas reivindicações, convocaria todas as Entidades para uma reunião ÚNICA.

Ao contrário, parece receber apenas representante de uma única carreira.

O SIPOL, Senhor Governador, NÃO APOIA NENHUM PROJETO FEDERAL, ESTADUAL OU MUNICIPAL,

QUE BENEFICIE APENAS UMA CARREIRA.

Nunca fizemos nem vamos fazer oposição direta a benefício a ninguém. Mas zelamos pela ordem, e paz INSTITUCIONAL, responsabilidades do Governo.