O CANTO DA SEREIA

Aos meus amigos FUNCIONÁRIOS PÚBLICOS,  principalmente os  paulistas, ESTAMOS CHEGANDO EM ÉPOCA ELEITORAL. Saibam que a mentira  vem bem vestida  e travestida  em  palavras doces, voz empoderada, fala-se aquilo  que se quer  ouvir, mas sem fundamento, sem viver aquilo que se prega somente para te iludir e enganar. Há anos  vivemos  e morremos  sob o mantra do neo liberalismo, que vem mascarado  com  desvios de verbas e malversação da coisa publica  em  beneficio dos amigos de plantão,  que se locupletam de nosso dinheiro sem  nenhuma contra partida ao pais. Nossa situação estadual , esta pior pois o “ESTADO”   controla  nosso dinheiro  que deveria ser destinado  ao atendimento  a saúde por intermédio do IAMSPE, porém,  o Instituto serve apenas  como cabide de emprego  para  o governador e seus asseclas, que  por falta de conhecimento  administram o local a seu bel prazer, deixando os funcionários sem atendimento. Não  bastasse isso o pacote de maldades,  atingiu  os aposentados  com o confisco  das aposentadorias, deixando os aposentados  sem atendimento  medico  e com  salário  reduzido, além   de outras  maldades  destinada  àqueles  que  já contribuíram e contribuem  muito  para  o estado.

Aí  vem meu alerta! Isso tudo  nos fragilizou, deixou  o funcionalismo  vulnerável ao primeiro  DEFENSOR DOS FRASCOS E DOS COMPRIMIDOS,  que  virá  com palavras doces e palatáveis,  sopradas  pelo vento midiático  em época eleitoreira. Não podemos e não  suportaremos mais  tais mazelas, por isso  amigos  devemos estar  alertas ao  CANTO DA SEIREIA, que poderá  nos afundar  ainda mais  para a zona abissal.

Analise a vida  dos candidatos, veja o que ele fez, sua trajetória, suas falas, consulta essa facilmente feita, hodiernamente,  pela internet. Assim  procedendo  você  não precisara de um ORACULO GLOBAL para  prever  as ações futuras.

TIVEMOS várias  decepções e não podemos  incorrer  no mesmo erro, devemos nos ENGAJAR  para extirpar  da vida publica  todo e qualquer  individuo que por ventura  colocou seu mandado  a  favor das mazelas governamentais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Abrir chat